Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




‘Tudo parece natureza...’

por Inês Dantas, em 24.02.14

Foto: Ines Dantas

O Englischer Garten (Jardim Inglês)  foi um dos maiores presentes que algum governante ´ofereceu` à cidade de Munique (neste caso Karl Theodor aconselhado por Benjamin Thompson). Compreendendo 372 hectares o Englischer Garten é maior do que o Central Park em Nova Iorque e que o Hyde Park em Londres.

O Englischer Garten é, juntamente com o Nymphenburger Park um dos projectos principais de Sckell no seu período em Munique. ‘Tudo parece natureza pois a arte está escondida de forma feliz’ [1] foi o comentário do teórico Hirschfeld em relação ao que o Sckell conseguiu atingir no Englischer Garten.[2] Sckell escolheu espécies autóctones para compor o aspecto natural do Englischer Garten. Mais do que um Jardim apresenta-se como uma extenso parque urbano. Foi, de facto, o primeiro parque realmente público, sem muros nem vedações, quando ‘abriu’ no final do século XVIII. Quando foi construído era maior do que a cidade e depois lentamente a cidade foi avançando. Hoje em dia é tambem conhecido pelos seus famosos surfistas, que treinam numa onda que se forma quando um dos riachos subterrâneos encontra a superficie. Uma paragem obrigatória na cidade de Munique...



[1] ‚Alles erscheint Natur, so glücklich ist die Kunst versteckt‘

[2] Pankraz von Freyberg, Der Englische Garten in München (München: Knürr, 2000), p. 10.

Foto: Ines Dantas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:45



Pesca


Bacalhau


Apanhados.

A voz




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D



Mensagens