Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tiros nos pés

por Francisco Teixeira, em 13.02.14
Custa-me falar neste tema. Custa-me bastante. Mas tem de ser. De tão óbvio, dois dias depois do PS ter proposto um tribunal para o investidor estrangeiro, tem mesmo de ser. O PS decidiu hoje atacar naquele que, até agora tinha sido e ainda bem, um bastião do consenso político entre a actual maioria e o PS: a internacionalização da economia e o sucesso alcançado pelos empresários portugueses. Depois do INE ter anunciado que as exportações de bens fecharam 2013 a crescer, a crescer menos em % mas a crescer em volume, o PS lá desenhou um graficozinho e colocou no facebook.

Para que não haja qualquer dúvida, vamos a fatos, não apenas a percentagens, e vamos ler o documento do INE sobre as exportações de bens em 2013:




Diz o INE, na segunda coluna do lado esquerdo, que em 2013 as exportações de bens cresceram 4.6% face a 2012, quando em 2011 (quando o PS deixou o Governo) tinham crescido 14.9% face a 2010. Para o PS está tudo dito - o comportamento das exportações deve ser motivo de vergonha e não de orgulho. Pena é que as exportações tenham passado de 42.828 milhões de euros em 2011, para os 47.340 milhões em 2013, tendo atingido no ano passado o maior valor de sempre. Ouviram bem, de sempre. Parabéns às exportadoras que, desde que o PS saiu do Governo, passaram das cerca de 17 mil empresas para as mais de 20 mil (valores de 2012, em 2013 o número terá crescido...). O erro do PS é crasso, lamentavelmente crasso. As exportações são, em primeiro lugar, das empresas, em segundo lugar do país. Nunca podem ser da politiquice. Por mais martelada e escondida em estatísticas que esta seja. 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07



Pesca


Bacalhau


Apanhados.

A voz




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D



Mensagens